Deus é muito mais em nossas vidas e nada nos faltará (Elizabeth Cristina Pereira)

Querida mãezinha…

Mamãe, Jesus nos abençoe e nos proteja sempre.

Trago informações ao seu coração, diante das ocorrências que nos trouxe tantas preocupações.

O papai Luiz já se encontra comigo, aliás eu pude estar com ele desde os instantes mais crônicos, até o momento de seu desligamento do corpo físico, ao qual pude pela primeira vez ver presente, ao vivo, como é que as coisas ocorrem.

Me autorizaram a ficar assistindo e confesso cheguei até a pensar que sonhava tal o fantástico que é a vida em seus detalhes e que o mundo é tão impotente para saber.

Estava eu admirada e vi quando papai se desligou por completo do corpo, e surgiu ao nosso lado um tanto inconsciente, mas que foi recebido por mãos bondosas e caridosas que ampararam e auxiliaram.

Não saberia descrever quais as operações que se realizaram ali bem sob as minhas vistas. Depois deslocamos o papai para o nosso ambiente de realizações e aprendizados espirituais.

Papai se mantém conosco em família e vem se recuperando bem, porque a tristeza em forma de depressão não é um processo assim tão simples e imediato para que se consiga a tranquilidade interior.

A depressão mãe e as tristezas senão bem tratadas geram dificuldades não só no corpo físico mas transfere-se naturalmente para o corpo que nos é o corpo espiritual que aqui nos apresentamos.

Você fez mãe o melhor e o pai lutou do jeito dele e se cansou, então agravando outros cenários do organismo e que fez por ele o que ele podia, porque quem de nós não encontrará em si as suas fraquezas que parecem ser intransponíveis.

Fique tranquila, pois estamos por determinação superior, preservando o pai de contato não salutar para ele neste momento e que você me compreenderá na mensagem.

O amor dos bons instrutores aqui não se esquecem de forma alguma das doses de nossa capacidade moral.

Onde estarão as nossas resistências interiores?

Fique bem, que cuidarei bem deste detalhe para que nada prejudique o papai.

Mais uma vez mãe, obrigado por tudo o que você fez pelo papai buscando colocá-lo de pé com a fronte para cima.

Abrace meu irmão Wellington com a saudade grande da irmã que não o esquece.

E família estaremos no amanhã todos reunidos, feliz para um sem fim em nossas vidas.

É isso mãe o que lhe trago com a esperança de que você se firme cada dia na compreensão e na aceitação, certo de que meu pai é um ser muito especial, inteligente e capaz de agora superar.

Quando o pai me viu foi difícil controlar as lágrimas dele, mas tudo se acalmou, graças a Deus.

Mãe, fica com Deus. Eu te amo. E Deus é muito mais em nossas vidas e nada nos faltará!

Com carinho e amor.

Sou sua eterna,

Betinha

ELIZABETH CRISTINA PEREIRA (28/11/2011, 25 anos)

Mensagem psicografada na Associação Beneficente Espírita Caminheiros do Bem, em Curitiba, no dia 21 de maio de 2017, pelo médium Orlando Noronha Carneiro.

Posted in Destaques, Psicografias