Toda Mãe Deseja Ver Os Filhos Felizes (Lidia Martins dos Santos)

Minha filha Aline, filha querida…

Estou trazendo o melhor de mim, para lhe trazer algumas palavras.

Não é simples assim escrever, porque tudo é novidade para o meu coração.

Cada momento sua mãe está aprendendo e sou grata eternamente por tudo o que vocês fizeram para mim e aquela surpresa quando o coração e as artérias não mais suportaram os muitos anos do corpo.

É assim que, é o que me lembro quando comecei a me sentir mal, até ir para o atendimento médico e daí as coisas foram piorando e meu estado se agravou e o corpo pediu trégua, pois o infarto se fez assim claro.

Sou auxiliada a escrever esta carta mas não estou longe de vocês não.

Estou bem com vocês no meu pensamento e vejo o clima entre vocês. E sabe, me preocupo sim com vocês. Tem hora filha, deixa eu falar, um ruído pequeno quando ele fica ruindo sem parar, sem ser um som forte, vai incomodando, não é? A gente não vê a hora de resolver a questão.

Eu falo assim, porque como já disse, um “tric tric” que vai ficando no ar, de repente faz acontecer momentos não bons, como discussões bobas.

Quem sou eu para pedir que vocês sejam anjos, porque eu não sou não. Sou aquela com meus jeitos e que devo ter que melhorar.

Não se preocupem comigo, já estou bem e venho atender o pedido de notícias. O que mais peço é que vocês se unam o máximo possível pois toda mãe deseja ver os filhos felizes.

Desculpe se não escrevo mais, mas é o meu melhor nesta carta, com a ajuda de corações amigos que aqui me acolheram.

Deixo aquele abraço aos meus filhos e seus irmãos: a Andreia, a Mari, o Vanderlei e o Wilson, meus filhos que trago para toda a vida em meu coração.

Sou a mãe com vocês sempre,

Lidia

LIDIA MARTINS DOS SANTOS (01/11/2010, 70 anos)

Mensagem psicografada na Associação Beneficente Espírita Caminheiros do Bem, em Curitiba, no dia 21 de maio de 2017, pelo médium Orlando Noronha Carneiro.

Posted in Destaques, Psicografias